Comments are off for this post

SOBRE AS MANIFESTAÇÕES CONVOCADAS PARA O DIA 7 DE SETEMBRO

A Igreja Presbiteriana Unida do Brasil, em fidelidade ao Evangelho de Jesus Cristo e de modo coerente com sua história, reafirma seu compromisso com a construção de uma sociedade justa e com a defesa da democracia, em que haja “vida e vida em plenitude”.

Assumimos como uma de nossas principais responsabilidades: “8. Fazer a proclamação profética incessante dos princípios éticos e sociais do evangelho de modo que sejam denunciados todos os erros dos poderes públicos, sejam de omissão ou comissão, que resultem em ameaças ou obstáculos à paz social ou tendam à destruição da nossa estrutura democrática (Pronunciamento Social, 10/09/1978).”

Esclarecemos que o campo evangélico, protestante ou reformado é bastante diversificado em nosso país, por isso registramos que ninguém pode se apresentar como uma liderança que representa a voz de todo povo evangélico e que lideranças fundamentalistas e midiáticas não nos representam.

Defendemos que a liberdade de expressão, um pilar democrático, não pode ser usada como permissão para desrespeitar, ameaçar, agredir, incitar crimes ou praticá-los, seja contra pessoas, seja contra instituições basilares como o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal.  Vale ressaltar que não apoiamos visões armamentistas e violentas como solução para os problemas de nossa sociedade. Acreditamos que “o fruto da justiça será a paz. De fato, o trabalho da justiça resultará em tranquilidade e segurança permanentes” (Is 32.17).

Ao incentivar nossos (as) eclesianos (as) ao exercício de uma cidadania responsável, nossa recomendação é que se comportem como pessoas livres, “não usando a liberdade como desculpa para o mal, mas como servos(as) de Deus” (I Pd 2.16).

Deste modo, conclamamos irmãos e irmãs a não participarem dos atos convocados para o dia 7 de setembro (Dia da Independência do Brasil), mas que orem e colaborem pela preservação e aperfeiçoamento de nosso regime democrático, pela superação da pandemia e deste momento de duras dificuldades para nosso povo, marcado por insegurança alimentar, crescente desemprego, inflação, violência. Não esqueçamos, como bem expressou o Rev. João Dias, que “a injustiça é contra Deus e a vil miséria insulta os céus”.

Que Deus abençoe nosso país e nos conduza por veredas de misericórdia e solidariedade, justiça e concórdia, fé e esperança. Amém.

 

Conselho Coordenador da Igreja Presbiteriana Unida do Brasil (CC-IPU 2020-2023)
Rev. José Roberto da Silva Cavalcante – Moderador
Rev. Wilson Lords Torres – Vice Moderador
Presb. José Augusto Amorim Cunha Júnior – 1º Secretário
Rev. Francisco Benedito Leite – 2º Secretário
Presbª. Cristiane Correia Monteiro – Tesoureira

Comments are closed.